A LGPD na indústria 4.0: principais cuidados que você precisa ter

13 de janeiro de 2022 por na categoria blog com 0 e 0
Home > blog > A LGPD na indústria 4.0: principais cuidados que você precisa ter

Em vigor desde setembro de 2020, a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais tem como objetivo proteger os dados pessoais de quem faz uso da internet. Para tanto, exige que todas as empresas sigam algumas regras para que essa proteção seja colocada em prática.

Para o setor industrial, a lei funciona da mesma forma que para empresas de outros setores da economia. No entanto, existem alguns pontos diferentes que devem ser levados em conta, ainda mais para os negócios que investem na obtenção de dados digitais para aplicar em novas tecnologias.

Portanto, para saber mais sobre a LGPD na indústria 4.0 e os principais cuidados que você precisa ter, continue lendo este artigo e confira as informações presentes nos tópicos a seguir.

  • O que é a LGPD e porque foi criada
  • Cuidados específicos para a indústria

 

O que é a LGPD e porque foi criada

A Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais ou LGPD foi aprovada ainda em 2018, mas só passou a vigorar em 2020. A partir de então, os sites das empresas passaram a apresentar a sua política de privacidade aos visitantes assim que eles entram em seu endereço virtual.

Também é comum que apareça uma mensagem explicando que são usados cookies e outras tecnologias para melhorar a experiência do usuário. Por isso, para continuar navegando, os internautas devem concordar com os seus termos de uso.

Ou seja, as empresas começaram a explicar como são usados os dados dos visitantes, sendo que eles podem restringir essa utilização. Desse modo, a LGPD tem o objetivo de regular o tratamento dos dados dos internautas, de modo a protegê-los.

O uso dessas informações também possui limitações e caso a empresa não aja de acordo com elas, pode ser punida pela ANPD (Agência Nacional de Proteção de Dados), responsável pela fiscalização da nova legislação. A sua criação se dá justamente em um momento em que há muitas reclamações por parte da população sobre o uso de seus dados pessoais.

Além disso, a LGPD proíbe a venda de dados de usuários a terceiros e exige que cada visitante esteja de acordo com as suas políticas para continuar navegando em seu site.

 

Cuidados específicos para a indústria

Como já mencionado, sites de empresas que pertencem ao setor industrial devem fazer o mesmo que os negócios de outros segmentos. Também devem dar o adequado tratamento aos dados coletados. Mas há um ponto importante para levar em consideração, inclusive quando se fala em indústria 4.0.

Vale lembrar que ela se trata da indústria que investe em diferentes tecnologias, entre elas, a automação industrial, internet das coisas e inteligência artificial. Essas inovações estão intimamente ligadas ao uso de informações digitais, obtidas na internet.

A inteligência artificial, por exemplo, funciona a partir da obtenção de um grande volume de dados, os quais são processados com o objetivo de encontrar informações relevantes. Em especial, para que sejam aplicadas em novos produtos e serviços, que atendem às necessidades de um determinado público.

Além disso, a LGPD prevê que a organização possua mecanismos de segurança para que terceiros não invadam a sua rede e consigam acessar as informações dos seus clientes.

Ou seja, a indústria precisa também contar com alta segurança na sua rede de comunicação. Isso pode ser feito através de roteamento em toda a internet da fábrica, da criptografia nos dados e do monitoramento da rede industrial para evitar acessos não autorizados.

 

Saiba mais sobre o papel da automação na Indústria 4.0.

 

Se você precisa de equipamentos completos para automação pode conversar com um especialista de Veder, que desde 1991 oferece as melhores soluções e condições do mercado. Use os seguintes canais:

(11) 2341-3132

(11) 98689-8643

vendas@veder.com.br

tecnico@veder.com.br

veder.com.br

Adicionar comentário